Qual a importância do Pilates Clínico durante a gravidez?

Olá, sou a Fisioterapeuta Joana Gouveia e venho falar-vos acerca de qual a importância do Pilates Clínico durante a gravidez.

Realizei a minha primeira formação de Pilates Clínico em 2013 e desde então que utilizo esta mais-valia como complemento da minha intervenção.

Como sabem a Cátia está grávida da Mafaldinha, sendo a sua 2ª gravidez.

Se quiseres saber mais sobre a 2ª gravidez da Cátia? Podes ler aqui.

Neste momento encontra-se com 22 semanas, mas começámos as sessões assim que fez 21 semanas, pois queríamos assegurar que a tensão arterial se encontrava controlada e assim, após autorização médica, demos início as sessões. Por já se encontrar no segundo trimestre era a altura ideal para mantermos a mãe ativa e saudável. Qualquer grávida poderá realizar estas sessões, mesmos as que eram sedentárias antes de engravidarem, porém com consentimento médico.

Na primeira sessão a Cátia realizou uma avaliação e fiz a libertação de alguns pontos de tensão dolorosos com que se encontrava. As sessões tem sido realizadas no conforto da sua casa e com uma frequência de 1/2x semana, aconselhadas até ao final da gravidez e posteriormente no pós-parto.

Já em 2016, no último trimestre da 1ª gravidez, do mano Martim, tínhamos iniciado as sessões de Pilates Clínico. Por isso a Mamã Cátia não é uma estreante nesta modalidade. Na altura utilizámos muito a bola de pilates, pois como estava no final da gravidez era essencial a realização do ensino dos movimentos pélvicos e de mobilização lombar, não só para aliviar as dores de costas como para preparar a mãe para um trabalho de parto mais facilitado.

Ficaram assim a conhecer alguns dos benefícios do pilates clínico na gravidez e quais os outros benefícios?

Além do benefício de ser seguida por um profissional de saúde, o Fisioterapeuta, formado especificamente em Saúde da Mulher. A grávida tem a possibilidade de se manter ativa até ao fim da gravidez de uma forma segura e controlada. Desta forma a Mãe irá manter a força e agilidade no pós-parto, promover a sua auto-estima e bem-estar. A circulação sanguínea e linfática da grávida serão beneficiadas, assim como irá conseguir controlar melhor o seu peso.

O pilates clínico durante a gravidez tem como grande objetivo que a grávida mantenha a sua funcionalidade, ganhe e mantenha noções de correção postural até ao pós-parto. Para quê?

Para que previna dores e contraturas durante a gravidez, mas essencialmente para não adquirir uma má postura quando o bebé nascer e tiver de pegar nele ao colo/amamentar. Vai aprender também a realizar um controlo respiratório eficaz, para que não entre em fadiga tão facilmente e mesmo para utilizar durante o trabalho de parto.

Durante as sessões serão realizados alongamentos controlados e exercícios adequados às necessidades de cada grávida, para ganho de força global e manutenção do tónus muscular, de forma a promover a estabilização da coluna. Mesmo estando grávida e porque gravidez não é invalidez, durante estes exercícios será promovido um trabalho de estabilização abdominal, lombar e pélvica, sem nunca esquecer o pavimento pélvico/períneo. De forma a prevenir sintomas indesejados como futuras perdas de urina.

Deste modo com as sessões de pilates clínico durante a gravidez, a grávida terá todos os benefícios do exercício adaptado e adequado às necessidades de cada mulher, aliado aos cuidados especializados de um profissional de saúde. Realizar medidas de prevenção, reeducar e aconselhar ambos os pais fazem também parte da função de um fisioterapeuta nesta fase tão importante. Atenciosamente ao vosso dispor, Fisioterapeuta Joana Gouveia .

Contacto Fisioterapeuta Joana Gouveia : fisio.joanagouveia@gmail.com

Gostas-te deste artigo? Guarda no Pinterest!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *